Caminho de Santiago

Caminho Português Interior de Santiago


Os Caminhos de Santiago, nas suas variadas derivações, são, desde a Idade Média, vias de peregrinação, de cariz não só religioso, mas também cultural, turístico e económico, por servirem como vias de comunicação, mas também como meios de divulgação da identidade dos vários locais que atravessam. 

Depois de séculos no esquecimento, o Caminho Português Interior de Santiago foi recuperado, graças ao esforço e trabalho conjunto das oito autarquias do interior de Portugal, que atravessadas pelo seu traçado: Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves.

Em território português, são cerca de 205 quilómetros de paisagens de tirar o fôlego, de contacto com um legado patrimonial de inegável valor e beleza. Em Espanha, entrando por Verim, liga, posteriormente, à Via da Prata, e finalmente a Santiago de Compostela.

A porta de entrada em Lamego, é por Bigorne, onde pode pernoitar no albergue e deixar um donativo para ajudar à sua manutenção. É incontornável uma visita ao santuário de Nossa Senhora dos Remédios e ao seu monumental escadório, com mais de 650 degraus, ou mesmo à Sé e ao Museu de Lamego, no centro da Cidade; sugere-se, ainda, uma visita à Igreja de Santa Maria Maior de Almacave. 

Muitos são os pontos de interesse patrimonial, cultural e paisagístico deste concelho inserido na Região Demarcada do Douro. Pode ainda, aproveitar e recuperar forças provando a Bôla de Lamego, e bebendo um copo de Vinho ou Espumante do Douro.


CAMINHO PORTUGUÊS INTERIOR DE SANTIAGO – ROTA DAS CIDADES

Para saber mais informações
www.cpisantiago.pt

2014 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team