O Núcleo de Lamego da Liga dos Combatentes comemorou o centenário da assinatura do Armistício da 1ª Grande Guerra, o 97º aniversário da fundação da Liga dos Combatentes, e o 44º aniversário do fim da Guerra do Ultramar.
A cerimónia evocativa realizou-se junto ao Monumento de Homenagem ao Soldado Desconhecido com a presença de um pelotão do CTOE – Centro de Tropas de Operações Especiais, que prestou as devidas honras militares.

Vídeo - Lamego prestou homenagem ao Capitão David Magno

No decorrer deste ato solene, foram condecorados ex-militares, combatentes no Ultramar.

Ângelo Moura, Presidente da Câmara de Lamego, referiu-se ao significado desta cerimónia e acentuou o desempenho de excelência do CTOE no país e no mundo.

O ponto alto desta cerimónia foi a homenagem ao herói lamecense, combatente na 1ª Guerra Mundial, Capitão David Magno.

João Avelino Ribeiro, trajado a rigor, assumiu e interpretou a personalidade do capitão David Magno. Num desempenho notável, que chegou a emocionar alguns dos presentes, João Avelino Ribeiro, referiu-se aos episódios mais marcantes, protagonizados por David Magno durante a Batalha de La Lys.

Com esta homenagem ao capitão David Magno, a cidade de Lamego começa a fazer as pazes com a História, preservando a memória de um dos seus filhos mais ilustres.

Refira-se que depois de ter sido acusado de traição á Pátria, foram precisos 100 anos e 4 gerações para que se contasse a verdade sobre o que se passou com o batalhão comandado pelo capitão David Magno na batalha de La Lys.

O programa destas comemorações contemplou ainda um momento cultural e uma conferência no Teatro Ribeiro Conceição.

Junto ao Monumento ao Soldado Desconhecido esteve patente ao público uma exposição com fotografias e muita informação sobre a participação do Corpo Expedicionário Português na Flandres, e também algum material militar, da época.

Fonte: Douro TV