Notícias de Lamego

As Notícias do seu Concelho

500 anos do Foral de Samodães

Samodães e o Foral Manuelino

Samodães celebrou a 16 e 17 deste mês de Agosto de 2014 com muito entusiasmo os 500 anos da outorga do Foral pelo rei D. Manuel I.

500 anos do Foral de Samodães

Foi um acontecimento notável e digno de registo.

Elaborado o programa, deitamos mãos à obra e com a ajuda de alguns amigos adquirimos a cópia do documento – Foral, que mais tarde a nosso pedido,nos foi enviada directamente da Torre do Tombo em  CD.

Para nós era prioritária esta aquisição.

Seguiram-se dias e dias de azáfama, desde a logística à preparação dos espaços destinados ao evento.

E o 1º  dia chegou.

Bem cedo os mercadores, vendedores, taberneiros e algum público começaram a chegar. O cenário estava preparado.

O grupo de Bombos da Associação Desportiva e Cultural de Samodães deu início à festa percorrendo  a rua previamente engalanada para o efeito.

Foi com agrado que registamos a presença de um grande número de Samodenses a viver fora da freguesia e que aqui acorreu para festejar tão nobre acontecimento.

As barraquinhas “das coisas de comer e de beber”, não tinham mãos a medir para  os mais desejosos provarem os petiscos e a boa pinga.

O programa da tarde foi rico e inesquecível. Na Igreja Paroquial, o historiador Dr. Nuno Resende natural de Cinfães, falou e encantou todos os presentes com o seu saber sobre a história de Samodães.

Na  presença do Sr. Presidente do Município de Lamego., engº Francisco Lopes, sua distinta esposa, o Sr. Vice- presidente, engº José Pereira,a senhora vereadora Drª Isolina Guerra, membros da Assembleia Municipal, o pároco da freguesia, sr. padre Joaquim Manuel Silvestre, vários presidentes de Junta e algumas dezenas  de convidados e amigos, o palestrante através de uma projecção audio-visual de apoio às suas sábias palavras, foi explicando o significado do Foral e o que ele representava na vida deste povo de então, colocando toda a assembleia atenta  e  participativa.

Seguiu-se a apresentação de um pequeno livro de sua autoria – O Foral de Samodães (1514) Território e Poderes, dedicado exclusivamente ao Foral de Samodães.

Foi prestada homenagem  ao anterior presidente da Junta José Carlos da Conceição Pereira, onde a srª presidente de Junta, o sr. Presidente da Câmara e o pároco, sr. padre Joaquim Manuel Silvestre, lhe dirigiram algumas palavras de apreço pelo trabalho desempenhado ao longo de muitos anos na freguesia.

O grupo Cultrigo de Baião com as suas melodias ao estilo da época quinhentista, abrilhantou esta magnífica tarde, proporcionando aos presentes um ambiente de alegria e boa disposição difícil  de descrever.

Depois de um cortejo  por entre as  tendas do mercado, foi oferecido um bolo comemorativo e  um Porto de Honra que serviu de aperitivo à Ceia que se aproximava.

As eiras da Quinta da Igreja, propriedade do sr. Dr. Fausto Montenegro e gentilmente cedidas para o efeito, foram  o palco desta actividade.

O caldo da pedra, os espetos, o doce da castanha e do feijão, a saborosa sangria,e os vinhos da região deste Douro Encantado, foi a ementa saboreada por um grande número de pessoas que encheram por completo este espaço

aprazível. Até  S. Pedro, padroeiro da Freguesia acalmou os ventos que nas noites anteriores eram presença constante e transformou este convívio  mais acolhedor e divertido, onde não faltou o “pé de dança”, ao som dos acordes  do grupo Cultrigo e os cantares ao desafio acompanhados ao acordeão pelo amigo presidente de Junta da vizinha freguesia de Cambres.

Foi sem dúvida uma grande noite, precedida de um grande dia.

E se o primeiro dia foi bom, o segundo,  igualou-o, com um programa diferente mas não menos importante. A Santa Missa comemorativa dos 500 anos do Foral, presidida pelo pároco, padre Joaquim Manuel Silvestre, solenizada pelo Grupo Coral do Santuário de Nossa Senhora dos Remédios- Lamego, foi muito participada e do agrado de todos.

A tarde esteve a cargo do Grupo de Teatro  Vi’varte com animação artística e recriação histórica do Foral, que todos encantou com o seu variado repertório e colorido dos trajes dos figurantes e dos estandartes colocados no espaço da Festa.

Algumas dezenas de pessoas  vestiram a rigor  os trajes da época desde o primeiro dia  e participaram no Cortejo Histórico organizado pelo referido grupo de teatro,  tendo uma enorme plateia a assistir e a aplaudir.

E o momento tão esperado chegou com a leitura pública do Foral, a sua discussão e aprovação pelos vizinhos e moradores, os despiques  e lutas com mostras de armas, o assentamento  pelos escrivães,a chancela régia e a entrega do Documento a El-Rei. Posteriormente este documento – Foral foi entregue à “Alcaide”, hoje presidente da freguesia,  que fez os agradecimentos e procedeu ao descerramento de uma placa comemorativa do acontecimento, recordando as duas datas 1514-2014.

A tarde continuou com um programa artístico, não faltando as bailarinas exóticas, saltimbancos para alegrar os mais pequenos, jogos, magia e um sem número de actividades, espontaneamente partilhadas pelo público que teimava em não arredar pé de um espectáculo que certamente não voltarão a presenciar em Samodães.

E o dia chegou ao fim. A festa terminou. Registamos a ajuda graciosa de algumas pessoas. A colaboração voluntária no evento do Grupo de Bombos da Associação Desportiva e Cultural, a disponibilidade e cedência dos espaços das eiras, gentilmente oferecidos pelo sr. Dr. Fausto Montenegro, à Câmara Municipal de Lamego pelas tendas para exposição e venda de produtos, à Junta de Freguesia de Lazarim pelas barraquinhas e a todos os amigos que estiveram presentes e quizeram “fazer história” connosco.

A Junta de Samodães preparou com muito empenho, dedicação e determinação este evento.

Soube celebrar esta data histórica com muito amor e faz votos para  que fique gravado no coração de todos estes dias que serão certamente um marco histórico na História de Samodães.

Alzira Coelho (presidente da Freguesia)

Podem ver mais fotos Aqui.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Reddit

1 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :